Chiclete sem açúcar combate o mau hálito

Chiclete sem açúcar combate o mau hálito

O mau hálito crônico atinge cerca de 40% da população brasileira, isso significa mais de 80 milhões de pessoas apenas em nosso país. Quem convive com a halitose, nome científico do distúrbio, acaba sendo obrigado a adquirir hábitos para diminuir a percepção das outras pessoas para o problema. Uma das formas mais utilizas para evitar o mau hálito é mascar chicletes sem açúcar e este hábito pode ser bem melhor do que se pensa.

Um dos compostos inseridos no chiclete sem açúcar com objetivo de lhe dar sabor, é capaz de reduzir o número de bactérias que produzem o mau hálito em sua boca. Cerca de 50% da concentração de bactérias anaeróbicas na saliva, especialmente as da parte de traz da língua responsáveis por criar a saburra lingual, são eliminadas ao mastigar o chiclete. A goma de mascar sem açúcar também ajuda a aliviar o estresse, e diminui os riscos de adquirir cáries, pois gera o aumento do equilíbrio ácido-alcalino e neutraliza os ácidos produzidos.

No entanto, é preciso ter cuidado. Quem consume esses produtos com açúcar podem ter o efeito contrário do desejado: quando seu uso é frequente é possível a aparição de cáries assim como o aumento dos níveis de glicose no sangue. Além disso, a mastigação excessiva é prejudicial para a mandíbula devido às tensões produzidas pelo movimento de mastigação repetitiva.

Se você tem problema com mau hálito e procura por uma solução rápida e temporária, o chiclete sem açúcar é uma ótima opção, pois não se limita a mascarar o cheiro da boca, mas reduz a fonte do odor ruim. O mau hálito dificulta seu relacionamento com as pessoas, seja na vida pessoal ou na profissional, mas você não precisa sofrer com esse problema. Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Ficar muito tempo sem comer causa mau hálito

Ficar muito tempo sem comer causa mau hálito

O mau hálito é um problema que atinge grande parte da população, sendo que no Brasil, 30% dos habitantes sofrem diariamente com isso. As causas para esse problema decorrem desde uma péssima escovação, assim como o consumo de alguns produtos que contribuem para um odor ruim, como café, e a alimentação sem produtos saudáveis. No entanto, uma causa comum para o mau hálito é passar muito tempo sem comer nada.

O mau hálito que ocorre nesses casos é resultado da decomposição dos sucos pancreáticos devido ao longo período sem ingerir nenhum alimento. Esse jejum entre refeições diminui o fluxo de saliva na boca, o que acaba criando depósitos de bactérias que podem inclusive formar saburra na língua. A fome também faz com que haja queda de glicose no sangue e isso faz com que a halitose se agrave.

O hábito de passar muito tempo sem comer nada é frequente para pessoas que trabalham muitas horas seguidas ou quem estuda por muito tempo em sala de aula. Mas isso é simples de se evitar. Alimente-se a cada três horas, preferencialmente em pequenas porções, para que a salivação ocorra naturalmente e, se for essa a causa do odor ruim em sua boca, o mau hálito desaparecerá. Frutas como a maçã devem ser ingeridas, pois são alimentos saudáveis e de poucas calorias.

Além disso, você pode beber água com mais frequência, pois, além de ajudar a acabar com o mau hálito porque aumenta a produção de saliva, ainda auxilia no clareamento dos dentes. O mau hálito dificulta seu relacionamento com as pessoas, seja na vida pessoal ou na profissional, mas você não precisa sofrer com esse problema. Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Alimentos que combatem o mau hálito

Alimentos que combatem o mau hálito

O mau hálito, em geral, é causado pelo que comemos. No entanto, essa afirmação só é verdadeira se nos alimentarmos de forma errada, o que contribui para que haja a infestação de bactérias em nossa boca, causando a halitose, nome científico para o mau hálito. Por isso é importante saber quais alimentos atrapalham sua higiene bucal e quais ajudam a combater esse problema.

Em relação aos alimentos que você NÃO deve comer, evite principalmente produtos industrializados como salgadinhos ou qualquer alimento com gosto muito forte. Aliás, os temperos, ou comidas utilizadas principalmente com essa finalidade devem ser evitados. Cebola e alho são ingredientes bastante usados como tempero para as refeições e não devem ser ingeridas.

Mas existem aqueles alimentos que são excelentes para melhorar a saúde bucal, em especial contra o mau hálito. A maçã deve ser comida com a casca para realizar a limpeza dos dentes, complementando a ação do fio dental, por exemplo. Ela impede o acúmulo de bactérias, livrando você, assim, do terrível mau hálito, além de ter um ótimo líquido para hidratar a boca.

No entanto, existem outros alimentos que podem ser usados para diminuir o mau hálito como o limão que elimina as bactérias que estão na boca e também no sistema digestivo; você pode mastigar folhas de hortelã que tem ótimo cheiro e combate com muita eficácia; ou ainda ingerir iogurte natural sem açúcar que reduz os níveis de gás sulfídrico, uma das causas da halitose. Beba bastante água que ajuda a hidratar a boca e diminuir o mau hálito.

Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Fatores que contribuem para o mau hálito

Fatores que contribuem para o mau hálito

O mau hálito é um dos maiores complicadores sociais que existe. Quem sofre com esse problema não consegue ter uma conversa normal com outra pessoa, pois sempre há um clima ruim, um mal estar causado pelo mau cheiro. Para evitar que você tenha halitose, nome científico do mau hálito é preciso saber o que causa esse distúrbio para, assim, poder combater esse inimigo.

Uma das principais armas para acabar com o mau hálito é a água. Além de eliminar as bactérias e os restos de alimentos que ficam na boca, a água é muito efetiva para a produção de saliva, sendo que a falta desta é uma das causas da halitose. Sendo que a saliva é composta 99% de água, é recomendável ingerir pelo menos dois litros por dia para não ter problemas com seu hálito.

Outra causa recorrente para o surgimento do mau hálito é o jejum muito longo entre refeições. O organismo queima gordura para obter energia, liberando compostos orgânicos voláteis, que são, em muitos casos, o motivo da halitose, sendo que isso independe da saúde bucal. Quem está em regime e fica muito tempo sem se alimentar tende a possuir mau hálito. Para combater isso, recomenda-se fazer refeições pequenas a cada três horas.

Muitas pessoas que têm mau hálito relatam a existência de uma camada branca na língua, bem ao fundo. É a chamada saburra lingual, que se forma a partir do acúmulo das bactérias, o que acontece devido à dificuldade em atingir o local durante a escovação. Por isso, é importante adquirir o limpador ou raspador de língua, um produto específico para eliminar a saburra e em consequência o mau hálito.

Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Saburra e cáseos: causas do mau hálito

Saburra e cáseos

A halitose, o popular mau hálito, é uma condição que atrapalha muito a vida social e afeta a segurança de quem sofre com este distúrbio. Estipula-se que no Brasil cerca de 30% da população sofre com o mau hálito, sendo assim, 50 milhões de pessoas em nosso país possuem halitose, segundo dados da Associação Brasileira de Halitose (ABHA). Esse problema deve ser levado a sério, pois pode ser sinal de alguma outra doença grave, além de causar prejuízos pessoais, emocionais e, por vezes, até mesmo profissionais.

Para poder evitar o mau hálito é importante saber o que causa essa condição. Existem dois principais vilões da saúde da sua boca, responsáveis pela halitose: a saburra lingual e os cáseos amigdalianos. Como o próprio nome diz, a saburra se localiza na língua, geralmente na parte de trás dela, formando uma placa bacteriana branca ou amarelada. Com a diminuição na produção da saliva, as bactérias se proliferam e acaba causando a saburra e consequentemente o mau hálito.

Outro causador da halitose são os cáseos amigdalianos que são pequenas bolinhas viscosas e amareladas localizadas nas amígdalas. Elas também se formam devido à falta de saliva na boca, possuindo um odor terrível, porém, o pior é que podem ser expelidos durante uma tosse ou espirro, e até mesmo durante a fala. Imagine você estar conversando com uma pessoa desejada e a cada palavra dita, ela vira a cara ou coloca a mão no rosto…

Para evitar essa e outras situações constrangedoras é importante prevenir o mau hálito mudando alguns hábitos. Para manter a boca hidratada é importante beber água frequentemente durante o dia inteiro, assim como não ficar várias horas sem comer. E claro, escove os dentes sempre após as refeições, utilizando fio dental e esfregando a língua para evitar o mau hálito.

Você não precisa conviver com esse odor terrível que atrapalha sua vida social e profissional. Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Como combater o mau hálito

Como combater o mau hálito

É inegável os transtornos que o mau hálito causa para quem possui este problema. Além de todos os constrangimentos sociais, tanto em relacionamentos pessoais quanto no trabalho, existem sérios riscos à saúde que a halitose, termo científico do mau hálito, pode trazer. Isso acontece devido às bactérias presentes na boca, as causadoras desse incômodo e que podem infectar dentes, ou até mesmo entrar na corrente sanguínea causando doenças.

Para contornar isso, este é o conselho mais valioso que você pode receber. A água é essencial para nossa vida, e quem a ingere com regularidade e em boa quantidade tem grandes benefícios de saúde, entre eles a diminuição a quase zero do mau hálito. A halitose acontece devido à falta de saliva e hidratação da boca. Ao beber água você elimina grande parte das bactérias causadoras daquele odor ruim.

Apesar de ser óbvio, a escovação merece atenção especial. Ela deve ocorre após qualquer refeição, e não apenas após almoço e jantar. Além disso, é primordial escovar os dentes antes de dormir, pois é durante o sono que as bactérias mais prejudicam a saúde da nossa boca. Mas somente a escovação não é suficiente! Muitas vezes o gosto ruim que você sente vem dos restos de comida que ficam alojadas entre os dentes, onde há dificuldade de escovar. Por isso, usar o fio dental é de extrema importância para eliminar essa sujeira e evitar o mau hálito.

Ainda não acabou! Depois de escovar os dentes e passar o fim dental, ainda resta a língua. A sua higiene bucal não é completa sem esta parte. Preferencialmente, compre um raspador de língua, mas se não possuir, use a escova e a pasta de dentes mesmo para fazer sua higienização lingual. Muitas vezes há tamanho acúmulo de bactérias na língua que se forma uma camada branca bem ao fundo, chamada saburra lingual, e isso contribui bastante para o mau hálito.

Para não ter tantos problemas para fazer a higiene da boca, cuida o que você está comendo e bebendo. Evite alimentos ácidos ou comidas com tempero muito forte, pois esse é um dos fatores que contribuem para a halitose aparecer e as bactérias proliferarem. Além disso, lembre-se que o café é um dos maiores culpados pelo mau hálito. Se for necessário beber, tome um copo de água logo após para amenizar os efeitos do café para sua boca.

Se você não quiser ficar dependendo daquele chiclete para ficar tranquilo quando estiver conversando com alguém, livre-se do mau hálito! Não sabe como? Acesse www.fimdomauhalito.com e descubra!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Sinusite pode causar mau hálito

Sinusite pode causar mau hálito

As doenças respiratórias possuem várias complicações. Entre as óbvias está a dificuldade ao respirar e a congestão das vias aéreas. No entanto, as consequências podem ir além desses problemas mais comuns, pois afetam boa parte do corpo, sendo a boca uma delas. Nos casos mais sérios de sinusite, existe a possibilidade de haver odor ruim vinda das narinas, mas que pode evoluir para o mau hálito.

O muco produzido pelos sinos, as cavidades nos ossos do rosto, coleta o que estiver no ar para ser drenado e posteriormente descer pela garganta. Porém, algumas vezes, seja por alergia ou infecção, as paredes dessas cavidades se inflamam e se fecham. Esse ambiente, quente e úmido, é perfeito para a proliferação de bactérias que causam o mau cheiro.

Para quem convive com a sinusite existem medidas de prevenção da doença. Procure evitar ambientes úmidos e que possam ter algum tipo de ameaça contra a sua saúde, conviver com pessoas doentes. Também devem ser evitados os choques térmicos que são causados quando se troca de um ambiente para outro com temperaturas extremamente diferentes. Se você já tratou a sinusite, mas ainda possui mau hálito, sua causa é outra.

Você sofre com esse problema? Tem dificuldade em se relacionar com as pessoas porque elas ficam desconfortáveis na sua presença?Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como acabar com o mau hálito!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Como cuidar da higiene da língua

Como cuidar da higiene da língua

O mau hálito pode ser causado por vários motivos, mas é estimado que cerca de 90% dos casos são originados pelos restos de alimentos que ficam alojados na boca, geralmente entre dentes e nas gengivas. No entanto, é frequente do odor ruim ser consequência da má higiene da língua, devido à saburra lingual, uma massa branca formada de bactérias, restos de comida, saliva e células de descamação da cavidade oral.

Nas refeições, resíduos de alimentos depositam-se na língua. Caso não sejam removidos, eles acabam se degenerando na superfície da língua, produzindo, dessa forma, substâncias que são responsáveis pelo mau hálito. Por isso, a higienização da língua é tão importante quanto à escovação dos dentes e a utilização do fio dental, pois, com a língua limpa, sua boca ficará livre das bactérias por mais tempo, inclusive melhorando o gosto em relação aos alimentos ingeridos.

Existem utensílios especiais para limpar a língua, pois os movimentos com a escova de dentes por vezes causa ânsia de vômito. O limpador ou raspador de língua são extremamente eficientes na remoção da saburra, pois agem diretamente na superfície da língua. Estes objetos tem forma de “u”, e usa-se a parte fechada para tirar as bactérias que se formam na parte de trás da língua mais facilmente. Pode-se tentar fazer essa limpeza com a escova, no entanto, o melhor é usar o raspador de língua para ter mais facilidade e eficiência.

Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Como acontece o mau hálito

mau hálito 19-04

O mau hálito geralmente acontece de duas formas: por motivo fisiológico que faz parte da vida de todo mundo, pois ocorre quando não há salivação, seja após dormir ou ao ficar em jejum de forma prolongada. Mas pode ser patológico, que é mais intenso e persiste por um bom tempo, não tendo razão aparente e são nesses casos que se torna necessário tratar o problema.

O mau hálito ocorre quando há baixa produção de saliva e as células epiteliais se descamam e ficam alojadas nos dentes e na língua, principalmente, causando o desagradável odor. A saburra lingual é a placa bacteriana esbranquiçada que fica localizada na parte de trás da língua que também provoca mau hálito e acontece devido à pouca salivação.

A ingestão de alimentos é um limpador natural (por mais contraditório que pareça), pois elimina as células mortas e provoca a salivação na boca. Cerca de 90% dos casos de halitose estão relacionados a problemas na cavidade bucal como cárie, doenças na gengiva, restos de alimentos, lesões na boca. No entanto, doenças respiratórias como rinite, faringite ou consequência de doenças mais graves como diabetes.

Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Como saber se você tem mau hálito

Como saber se você tem mau hálito

É concordância entre todos que a halitose, distúrbio que provoca mau hálito, é incômodo enorme. E um dos maiores problemas é que muitas vezes a pessoa que possui esse mal não sabe que e por isso não toma nenhuma precaução, pois seu nariz se acostuma com cheiros próximos a você (por isso que após alguns segundos não sentimos o próprio perfume que usamos). Porém, existem maneiras de saber se você possui mau hálito, desde testes que você pode fazer sozinho até observar as atitudes de pessoas presentes no seu cotidiano.

Se você está lendo este post, provavelmente existem alguns sinais no seu dia a dia que o levam a pensar que este problema também pode ser o seu. Por isso, é importante notar como se portam as pessoas, especialmente as do trabalho, faculdade, colégio, etc., que são as quais você passa grande parte do seu dia e podem ter medo de falar a verdade. Caso seja recorrente oferecerem balas ou chicletes, ou as pessoas tapam o nariz quando você conversa perto delas, é possível que você tenha mau hálito. Se quiser, pergunte aos seus pais ou amigos próximos sobre o assunto. Eles não deverão ter medo em lhe falar a verdade, afinal, isso servirá apenas para ajuda-lo a resolver o problema.

Mas você pode descobrir sozinho se possui halitose. Olhe atentamente para sua língua, em especial para a parte de trás, e se há acúmulo de saburra lingual. Coloque o máximo possível a língua para fora e veja se há uma camada esbranquiçada ou amarelada no fundo dela. Se houver saburra lingual, há grande chance de que você tenha mau hálito.

Você sofre com esse problema? Quer saber como se livrar de vez do mau hálito? Acesse http://www.fimdomauhalito.com/ e descubra como!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.